PEBD, o resíduo das sacolas plásticas

O polietileno de baixa densidade é um plástico que combina uma série de características excelentes para uma vasta gama de produtos: tenacidade, boa resistência ao impacto, flexibilidade alta, fácil processabilidade, propriedades elétricas notáveis e estabilidade.

sacolinhas-plasticas-ciclovivo

O polietileno de baixa densidade, ou PEBD, é um plástico bastante resistente e com diversas aplicações. Em relação à sua reciclabilidade, embora seja “alta”, precisa de um processo bastante rígido.

O PEBD é um plástico de lenta degradação no ambiente, mas embora seja impermeável (e esse é um dos problemas em relação à baixa degradação), pode sofrer deformações e oxidação na presença de certos reagentes.

Força no segmento de embalagens

O PEBD é um plástico versátil e usado em muitas aplicações. Contudo, devido principalmente às suas propriedades mecânicas, é sobretudo empregado na indústria de embalagens em geral. Plásticos para embalagens flexíveis para alimentos, tubos, elastômeros, embalagens descartáveis, eletrodomésticos, eletro-eletrônicos, fios e cabos, sopro, injeção, embalagens industriais e de consumo, stretch, sacaria industrial, filme técnico, termoencolhível, sacolas, bobina picotada, revestimento por extrusão, agricultura, geomembrana, saúde pessoal e higiene e químicos.

Algumas características são comuns às várias resinas produzidas a partir do PEBD:

  • Atóxico, impermeável e inerte
  • Baixíssimo custo de produção e manuseio, em comparação a outros materiais
  • Leveza e flexibilidade

O PEBD é geralmente o plástico usado para produzir sacolas de supermercado e outras sacolas a partir de filmes realmente finos. Essas sacolas, na maioria dos lugares, não são recicladas – o seu reuso entretanto é bastante comum e principalmente frequente para lidar com rejeitos orgânicos.

Filmes plásticos

O PEBD é particularmente comum no mercado de filmes plásticos para uso diverso – em alimentos e outros produtos. Outro plástico comum nesse mercado é o chamado BOPP – o polipropileno bi-orientado. Uma variação do PEBD, o polietileno de baixa densidade linear, ou PEBDL, também vem crescendo em utilização no segmento de filmes plásticos.

Esse tipo de utilização faz com que o PEBD, muitas vezes, apesar de reciclável, seja apontado como um dos materiais plásticos de maior dano ao ambiente. Grande parte das sacolas plásticas que são encontradas em oceanos, por exemplo, são produzidas nesse material. Estima-se, ao todo, que 1 trilhão de sacolas plásticas de PEBD sejam utilizadas no mundo, anualmente.

Curiosidades

SEGUNDA GUERRA. O polietileno, criado em 1933 pela inglesa ICI, desempenhou um papel fundamental na Segunda Guerra Mundial, em especial no isolamento de cabeamentos e componentes submersas, em rios, lagos e mares.